Biologia na nossa vida

A biologia faz parte do nosso dia a dia, então nada melhor que aprendermos mais, é fácil e gostoso.
Preparado?

domingo, 29 de agosto de 2010

CORPO HUMANO: SISTEMA DIGESTÓRIO E SUAS FUNÇÕES


O tubo gastrintestinal fornece ao organismo um suprimento continuo de água, eletrólitos e nutrientes. Para isso é necessário mover o alimento ao longo do tubo digestório, secretar sucos digestivos e digerir o alimento, absorver os produtos da digestão, absorver água e os eletrólitos, circulação de sangue pelos órgãos gastrintestinais para o transporte de substâncias absorvidas e o controle dessas funções pelo sistema nervoso e sistema hormonal. Os alimentos de que depende o organismo, são formados por diversos nutrientes, estes podem ser inorgânicos como, água e sais minerais, que por serem moléculas pequenas não sofrem o processo de digestão, os nutrientes orgânicos são os carboidratos, lipídeos, proteínas, e por serem moléculas grandes precisam passar pelo processo de digestão, para serem quebrados em moléculas menores que serão absorvidas pelo tubo gastrintestinal.
         Os carboidratos são formados pelas seguintes moléculas:

  • Monossacarídeos: glicose, frutose, galactose

  • Dissacarídeos: maltose (glicose+glicose); sacarose (glicose+frutose); lactose (glicose+galactose).

  • Polissacarídeos: amido, celulose, glicogênio.

         Os polissacarídeos são formados por longas cadeias de monossacarídeos ligados entre si pelo processo de condensação.
         O processo de condensação consiste na remoção de um íon hidrogênio de uma molécula e um íon hidroxila de outra molécula, ligando as duas moléculas no local da remoção dos íons, estes íons formam uma molécula de água.
         Os lipídeos são formados por moléculas de acido graxo e glicerol, que são suas menores moléculas.
         Os triglicerídeos são os lipídeos mais comuns nos alimentos. Outros lipídeos encontrados são os fosfolipídeos, ésteres de colesterol. O processo de condensação une as moléculas menores formando as longas cadeias.
         Os aminoácidos são as menores moléculas que formam as proteínas; a forma de união entre aminoácidos são ligações peptídicas, pelo processo de condensação.
         Quando os nutrientes são digeridos a moléculas menores, enzimas específicas devolvem os íons hidrogênio e hidroxila às moléculas, separando-as por hidrólise.
No sistema digestório humano a digestão ocorre de forma extracelular através de dois mecanismos: 

  1. Mecânico: processo de mastigação, deglutição, movimento peristáltico e defecação.


Movimentos do tubo gastrintestinal:
Ocorrem dois tipos de movimentos, o propulsivo, que impele o alimento ao longo do tubo, e o movimento de mistura que mantém o conteúdo sempre misturado.
Movimento propulsivo- peristaltismo: uma anel contrátil aparece em torno do tubo, movendo-se para adiante, o processo é análogo à colocar os dedos ao redor de um tubo, apertando-o e movendo para frente ao longo do tubo.
Movimento de mistura: este movimento é diferente nas diversas partes do tubo alimentar, sendo que o movimento peristáltico auxilia na mistura.
Transporte e mistura do alimento no tubo digestório:
Para que ocorra um bom aproveitamento do alimento no tubo digestivo, o tempo em que ele deverá permanecer em cada órgão é muito  importante.

  • Ingestão do alimento- a quantidade de comida é determinada principalmente pelo desejo de comer, a fome.

  • Mastigação- os dentes possuem forma determinada para a mastigação. A mastigação ajuda a digestão dos alimentos pela seguinte razão: as enzimas digestivas só atuam sobre a superfície das partículas alimentares, a velocidade da digestão depende da área total da superfície exposta às secreções. A trituração do alimento até partículas muito finas evita a escoriação do tubo gastrintestinal e aumenta a facilidade com que o alimento é lançado do estômago para o intestino delgado.

  • Deglutição- pode ser dividida em

       Fase voluntária: que inicia o processo de deglutição, a língua ajuda a empurrar o alimento.
       Fase faríngea: que é involuntária e consiste na passagem do alimento pela faringe até o esôfago, inclui o fechamento da traquéia, a abertura do esôfago e o aparecimento de onda peristáltica rápida que se origina na faringe, forçando o bolo alimentar para o esôfago superior. Todo o processo ocorre de um a dois segundos.
        Fase esofágica: também involuntária que promove a passagem do alimento para o estômago. 
        2.  Químico: participação de enzimas digestivas, transformando os alimentos; insalivação, quimificação, quilificação.



Funções secretoras do tubo alimentar
As glândulas secretoras desempenham em todo o trato gastrintestinal duas funções primarias:
   Secretar as enzimas digestivas
   Produzir muco pelas glândulas mucosas, para a lubrificação e proteção de todas as partes do tubo.
         O muco é uma secreção espessa composta principalmente por água, eletrólitos e uma mistura de várias glicoproteinas. O muco tem a capacidade de permitir o fácil deslizamento do alimento ao longo do tubo e de impedir qualquer escoriação ou lesão química do epitélio.
Partes do sistema digestório
O sistema digestório apresenta o canal alimentar e os órgãos anexos.
Canal alimentar:
     Boca - apresenta dentes, língua e glândulas salivares. Na boca ocorre a produção da amilase salivar que tem como função quebrar o amido em moléculas menores.
       Faringe e esôfago – canais que levam o alimento para o estômago. A faringe é comum aos sistemas digestório e respiratório, durante a deglutição uma válvula chamada epiglote fecha a entrada da laringe.
    Estômago – o alimento permanece neste órgão por até quatro horas. O estômago é uma bolsa muscular. No estômago é produzida a pepsina, que atua num pH ácido, essa acidez é proporcionada pelo ácido clorídrico produzido no estômago. A digestão das proteínas tem início no estômago. O alimento é transformado em uma massa branca, o quimo.
As funções motoras do estômago são três:
    Armazenar grandes quantidades de alimento até que possam ser acomodadas no duodeno;
    Misturar o alimento com as secreções gástricas até formar uma mistura semi-líquida, denominada quimo;
    Esvaziamento lento do alimento do estômago  para o intestino delgado.
         Do ponto de vista fisiológico, o estômago pode ser dividido em duas partes principais, corpo e antro.
         Os sucos digestivos do estômago são secretados pelas glândulas gástricas, que recobrem quase toda a parede do seu corpo.
As secreções gástricas do estômago são:
As células secretoras de muco revestem toda a superfície do estômago. Alem das secretoras de muco, a mucosa gástrica apresenta as glândulas gástricas que secretam acido clorídrico, pepsinogênio e muco e as glândulas pilóricas que secretam principalmente muco.
Secreção e ativação do pepsinogênio – quando são inicialmente secretados, eles não possuem qualquer atividade digestiva. Entretanto, logo que entram em contato com o ácido clorídrico, são imediatamente ativados, resultando na formação de pepsina ativa. A pepsina é uma enzima proteolítica ativa em meio altamente ácido.
    Intestino delgado – tubo onde ocorre a absorção do alimento. É dividido em duodeno, jejuno e íleo. No intestino delgado ocorre o final da digestão e a absorção dos nutrientes. As enzimas produzidas no intestino são chamadas suco entérico e juntamente com o suco pancreático e a bile digerem o alimento permitindo que sua absorção seja realizada. As células epiteliais da mucosa contém enzimas que incluem peptidases, que atuam nos peptídeos quebrando-os em aminoácidos. Enzimas para o desdobramento dos dissacarídeos em monossacarídeos, lípases intestinais que atuam nas gorduras neutras separando-as em glicerol e ácido graxo. O intestino delgado apresenta contrações de mistura e propulsivas.
   Intestino Grosso – tubo onde ocorre a reabsorção de água e sais minerais, formação das fezes. É dividido em ceco, cólon e reto. No intestino grosso as secreções consistem predominantemente em muco, que protege a parede contra escoriações, proporciona um meio aderente para manter a substância fecal unida, protege a parede intestinal do grande número de bactérias existentes no interior das fezes. O cólon absorve água, eletrólitos, armazena material fecal.
Media buffer

  • Órgãos anexos:

    Língua – órgão muscular com papilas gustativas.
    Dentes – trituram e cortam o alimento. Na infância temos 20 dentes, chamados dentes de leite, os permanentes são 32. O formato dos dentes tem relação com sua função.
        ðIncisivos – oito, cortam frutas e legumes.
        ðCaninos – quatro, furam e rasgam a carne.
        ðPré-molares – oito, trituram o alimento.
        ðMolares – doze, trituram o alimento.
Os dentes são constituídos por polpa, dentina e esmalte.                                                                                                      
Media buffer
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          
Estrutura dos dentes
                                  - Raiz: presa ao osso;
                                  - Coroa: parte visível;
                                  - Colo: parte entre a raiz e a coroa.
Media buffer


    Glândulas salivares – auxiliam na digestão do amido na boca, apresentam enzimas (amilase salivar) e alguns sais que ajudam a manter o pH da boca entre seis e sete. As principais glândulas da salivação são as parótidas, submandibulares e as sublinguais.
    Pâncreas – glândula mista, tem função de auxiliar a digestão produzindo suco pancreático, constituído de enzimas, que é lançado no duodeno. A outra função do pâncreas não tem relação com a digestão, produção de hormônios que são lançados na corrente sanguínea. O suco pancreático contêm enzimas para a digestão dos três principais tipos de alimentos: proteínas, carboidratos e gorduras. Além disso, contém grandes quantidades de íons bicarbonato que desempenham importante papel na neutralização do quimo ácido esvaziado pelo estômago no interior do duodeno.
         As enzimas proteolíticas mais importantes são: tripsina, quimiotripsina e a carboxipolipeptidase. A enzima digestiva para carboidratos é a amilase pancreática e para a gordura é a lípase pancreática, a fosfolipase separa os ácidos graxos dos fosfolipídeos e a colesterol esterase que provoca a hidrolise dos ésteres de colesterol.
    Fígado e vesícula biliar – o fígado atua na digestão produzindo a bile que fica armazenada na vesícula biliar, durante o processo de digestão no intestino delgado ela é lançada para a luz intestinal auxiliando na digestão da gordura. A bile não possui enzimas, mas desempenha papel na digestão e absorção das gorduras. Os ácidos biliares contidos na bile ajudam a emulsificar as grandes partículas gordurosas em partículas menores que podem ser atacadas pelas lípases, e a bile ajuda no transporte e absorção dos produtos finais da gordura digerida através da membrana intestinal.  
†Enzimas: são proteínas que atuam como catalisadoras, acelerando os processos de reações químicas, as reações catalisadas por enzimas se caracterizam pela formação de um complexo enzima-substrato, diminuindo a energia de ativação da reação com o propósito de aumentar sua velocidade. 


Media buffer







5 comentários:

  1. adorei o post do sistema digestório, é essencial para quem está no ensino médio, tem tudo o que eu preciso!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o conteúdo.De grande valia para adquirir e disseminar o conhecimento.!Parabéns

    ResponderExcluir
  3. nossa! muito bom tirei muito proveito tenho, prova essa semana sobre esse asunto foi muito bom ter pssado por aqui voltarei sempre

    ResponderExcluir
  4. Sou Leonardo. É para dizer que gostei muito deste conteúdo porque foi difícil encontra o mesmo. Mas com o esforço que fiz, consegui entrar nesta pagina para bem dizer e encontrei um bom conteúdo que precisei. E eu prometo que voltarei sempre para os melhores

    ResponderExcluir
  5. me ajudou muito adorei o conteudo

    ResponderExcluir